Tela Touchscreen: o que é, como funciona e principais usos

Tela Touchscreen

Se nesse exato momento você está acessando esse texto com o seu celular, então você já está em contato com uma tela touchscreen.

E é realmente curioso analisar que essa tela só reconhece toques de dedos e a partir deles opera qualquer comando que nós dermos.

Além do celular, outros aparelhos tecnológicos que lidamos no cotidiano também são privilegiados com a tela touchscreen, como caixas eletrônicos de banco, tablets, relógios, videogames e muito mais.

Então, se você está em busca de entender melhor o que é uma tela touchscreen, como funciona e qual a mágica por trás delas, siga a leitura conosco nesse artigo que nós te contamos tudo!

O que é uma tela touchscreen?

A tela touchscreen é um tipo de tela sensível ao toque, permitindo que você encoste nela e o rapidamente o seu aparelho responda ao comando que você indicou.

O seu funcionamento acontece sempre que ela é pressionada, dispensando assim o uso de teclados ou mouses para que as funções na tela aconteçam.

Quais tipos de tela touchscreen existem?

Atualmente a tela touchscreen resistiva e a tela touchscreen capacitiva são os principais tipos que existem. 

Abaixo, falamos um pouco mais sobre cada uma delas. Acompanhe!

Telas touchscreen resistivas

A tela touch screen resistiva é a mais usada, funcionando por meio da pressão feita nela com o dedo, que é reconhecida e traduzida em um comando em especial.

Com esse tipo de tela touchscreen, o sistema de identificação da pressão acontece usando duas placas bem finas e separadas por um afastador.

Uma das placas é feita de metal e a outra é feita de vidro, desta forma, entre ambas existe uma corrente elétrica leve.

Quando elas se encontram na tela, a placa de metal e de vidro entram naquele ponto e há uma mudança no campo elétrico, fazendo com que as coordenadas sejam enviadas ao aparelho com tela touchscreen.

Assim, a informação é traduzida por um programa, transformando o toque em um comando na tela.

Telas touchscreen capacitivas

Já uma tela touchscreen capacitiva funciona por meio de uma camada carregada de eletricidade.

É justamente essa camada que é conhecida como capacitiva e é posicionada sobre o painel do monitor.

Assim, quando você toca na tela, parte dos elétrons são transmitidos para o seu dedo, como um choque leve – tão leve que você nem percebe.

Desta forma, o aparelho compreende essa descarga de eletricidade neste determinado ponto e faz o cálculo das coordenadas, que por sua vez são traduzidas como um comando para a tela touchscreen.

Para funcionar bem, essa tecnologia opera com uma pequena camada metálica sobre a tela, deixando bastante luz passar e chegando a quase 90% de luminosidade.

Como funcionam as telas touchscreen?

Como você viu acima, as telas touchscreen resistivas e capacitivas são as mais populares, mas temos também as telas infravermelhas.

Assim, a tela resistiva funciona por meio de uma corrente elétrica leve que é passada por suas placas de vidro e de metal, levando a mudanças no campo elétrico do aparelho, permitindo que coordenadas sejam enviadas a ele.

Já a tela touchscreen capacitiva funciona graças a sua camada carregada de eletricidade que transmite parte de seus elétrons para o seu dedo quando você toca nela, fazendo o aparelho em questão entender essa descarga de eletricidade e calcular as coordenadas para realizar um comando.

Por fim, a tela touchscreen infravermelho é feita com uma placa de vidro em que os emissores (LEDs) e receptores infravermelhos (transdutores) ficam posicionados nos eixos horizontais e verticais.

Além disso, os refletores também são instalados sobre o vidro desse tipo de tela que funciona enviando de volta sinais elétricos originados de um transdutor para o outro.

Então, quando existe alguma interrupção desses raios por conta de um toque, o receptor não recebe o raio infravermelho e informa as coordenadas x e y, além de localizar o toque.

Exemplos de uso de telas touchscreen

Usos de tela touchscreen

As telas touchscreen são uma tecnologia que pode ser aplicada em diversos aparelhos. Abaixo, separamos os mais conhecidos deles. 

E apostamos que você provavelmente com certeza lida com um deles em seu dia a dia. Vamos ver?

Tela touchscreen em celulares

Os celulares e smartphones são os principais aparelhos que recebem as magias da tela touchscreen.

E embora a gente esteja acostumado com celulares touchscreen, essa tecnologia foi inserida neles a poucos anos.

De começo, os celulares precisavam de uma caneta específica para telas sensíveis ao toque, você se lembra?

Tela touchscreen em relógios

Os relógios digitais também abraçaram a tecnologia da tela touchscreen a pouco tempo.

Isso se tornou mais popular após a criação do Google Watch e imediatamente se espalhou para outros tipos de relógios, como os usados na prática de esportes.

Tela touchscreen em computadores

E se os celulares e relógios são dispositivos que recentemente receberam as dádivas da tela touchscreen, as telas de computadores, por sua vez, foram umas das primeiras a incorporar essa tecnologia em seus monitores.

E embora com ela os usuários de notebooks possam designar comandos às telas de seus aparelhos, os teclados e mouses ainda são muito apreciados, principalmente os externos, por questões de ergonomia.

Tela touchscreen em caixas eletrônicos

Os caixas eletrônicos também passaram a adotar a tecnologia da tela touchscreen e não é de hoje.

E muitos deles ainda seguem com versões resistivas dessa tela, considerada mais antiga, ao ser comparada com a capacitiva.

Como saber se uma tela touchscreen é de qualidade?

Qualidade de telas touchscreen

Uma dica para saber se uma tela touchscreen é de qualidade é fazer um teste rápido nela.

Esse teste não tem mistérios, basta você traçar linhas diagonais na tela avaliada e analisar como elas ficam.

Se essas linhas não apresentarem nenhuma ondulação, então pode ficar tranquilo, pois a tela touchscreen é de qualidade!

Quais as vantagens das telas touchscreen?

Das vantagens da tela touchscreen, podemos citar principalmente a economia de espaço.

Isso porque ela automaticamente elimina o uso de teclados, mouses e até controles.

Outra vantagem notável é a forma como ela é adaptável em termos de hardware e software.

Afinal, os seus fabricantes podem produzir vidro duro ou telas sensíveis ao toque de plásticos macios, indo desde telas simples de duas telas coloridas de cristal líquido (LCD), até grandes unidades baseadas em CRT de cor.

No mais, os desenvolvedores também podem adaptar a tecnologia touchscreen para trabalharem com softwares existentes, usando teclados na tela e tornando possível os toques nela para simular cliques de um mouse.

Descubra como a Victor Vision pode ajudar a aprimorar seus projetos!

Conclusão

Enquanto você rolava a tela touchscreen do seu celular para ler esse artigo, você ficou por dentro de como ela opera.

Viu que elas podem ser resistivas ou capacitivas, entendeu como funcionam e conheceu outros aparelhos que recebem essa tecnologia, como relógios, computadores, caixas eletrônicos, entre outros.

E aí, gostou de se aprofundar no universo das telas touchscreen?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.