Sistema de Reconhecimento Facial: entenda como funciona a tecnologia

Sistema de Reconhecimento Facial

O sistema de reconhecimento facial é capaz de identificar alguma pessoa apenas pela detecção de seu rosto.

Eles são utilizados de diversas maneiras, sempre por conta de uma câmera auxiliada por um sistema com a tecnologia.

A tecnologia, que começou apenas como um recurso da fotografia, agora é aprimorada para diversos usos, como até mesmo em serviços públicos.

Para entender tudo sobre o tema, seus principais usos e o seu funcionamento, acompanhe este artigo.

Boa leitura!

O que é o sistema de reconhecimento facial?

O sistema de reconhecimento facial é um dos meios de identificação por meio do rosto de uma pessoa.

Por meio de algumas tecnologias, esse tipo de sistema entende de quem se trata, apenas analisando características de sua face.

Ela é capaz de identificar, verificar e concluir a identidade de um indivíduo, por meio de fotos ou vídeos. 

Nós convivemos com esse tipo de sistema no cotidiano, como por exemplo, ao desbloquear o celular pela câmera frontal, ou até mesmo quando a galeria do seu smartphone identifica diversas fotos com uma mesma pessoa.

O reconhecimento facial se encontra na categoria de segurança biométrica, junto do reconhecimento de voz, biometria, reconhecimento da íris ocular e outros.

Atualmente, o seu uso também foi intensificado durante a pandemia do novo coronavírus, onde câmeras identificavam se quem estava adentrando um estabelecimento estava utilizando máscara de proteção.

Abaixo, explicaremos sobre alguns outros usos do sistema:

Principais usos do sistema de reconhecimento facial

Principais usos do sistema de reconhecimento facial

A tecnologia de reconhecimento facial é utilizada em diversos meios, para diferentes finalidades. Confira os principais usos:

Aparelhos celulares

No smartphone, é possível encontrar o reconhecimento facial em diversas situações. A primeira delas é ao desbloquear o celular.

Existem diversas opções para desbloquear um smartphone, como senhas numéricas, em letras, impressão digital, reconhecimento de retina e íris, e reconhecimento facial.

Além disso, as câmeras agora conseguem identificar o rosto e selecioná-lo, como ocorre por exemplo no uso de efeitos nas diversas redes sociais.

O reconhecimento facial também aparece na galeria, quando o sistema inteligente do smartphone identifica o rosto de alguém e separa uma pasta de mídias onde esse indivíduo aparece.

Aeroportos

Os sistemas de reconhecimento facial cada vez mais aparecem em aeroportos. Alguns passageiros possuem passaportes biométricos.

Por isso, não precisam passar por filas, indo direto ao local de embarque.

A vantagem do uso dessa tecnologia em aeroportos, além de reduzir o tempo gasto em procedimentos burocráticos, é melhorar a segurança.

De acordo com o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, o reconhecimento facial deve ser usado, até 2023, em 97% dos passageiros.

Experiência do usuário

A tecnologia “Face pay” já tem sido utilizada nos comércios físicos do mundo. Eles possibilitam que os clientes paguem por um software, diminuindo assim a necessidade de filas longas no caixa.

Além disso, o reconhecimento facial tem sido utilizado para reconhecer clientes, e partir do seu histórico de compras, oferecer produtos de uma forma melhor direcionada.

Bancos

A segurança de aplicativos de bancos também tem sido reforçada com a tecnologia de reconhecimento facial.

No lugar de senhas comuns, tais programas podem ser abertos a partir do reconhecimento facial.

Qualquer tentativa de entrar no aplicativo do banco será falho, pois o reconhecimento facial detecta apenas humanos. Imagens do rosto não são lidas pelo sistema.

Área da saúde

O reconhecimento facial é bastante útil na área da saúde. Por exemplo, ao detectar se alguém está utilizando máscara facial em alguma situação em que o uso é recomendado.

Ainda, sistemas mais tecnológicos buscam identificar o paciente pela sua face, tornando assim o seu registro mais rápido.

Existem softwares que conseguem até mesmo monitorar pacientes que estão ingerindo determinada medicação, apenas analisando o seu rosto.

Como funciona um sistema de reconhecimento facial?

Os sistemas de reconhecimento facial funcionam a partir de algumas etapas. Entenda:

Detecção

Primeiramente, a câmera detecta um rosto, seja sozinho ou em meio a mais pessoas. Em alguns casos, o sistema pode detectar pessoas até mesmo de perfil.

Análise

A análise do rosto é então realizada minuciosamente. Existem tecnologias que verificam imagens 2D e 3D, mas a primeira opção é mais utilizada.

Por meio de imagens 2D, fica mais fácil conseguir cruzar dados com bancos de dados já existentes.

Na hora da análise, o sistema captura características bastante especiais, como a distância entre os olhos, a profundidade ocular, o formato do rosto, o contorno dos lábios, e a distância entre outros órgãos.

Conversão em dados

As informações da captura facial são convertidas em informações em dados. Assim, o rosto torna-se um código específico, chamado de impressão facial.

Correspondência

A última etapa é basicamente o uso desses dados produzidos anteriormente. As capturas faciais agora são conhecidas por algum sistema, que entende algumas informações sobre você, a partir de sua face.

É isso que acontece quando você, por exemplo, tira uma foto da sua galeria e o celular passa a conseguir identificar de quem essa foto pertence, podendo fazer até mesmo uma pasta com fotos onde você aparece.

Afinal, o sistema de reconhecimento facial é seguro?

sistema de reconhecimento facial é seguro

O sistema de reconhecimento facial é seguro, mas existem algumas considerações a serem feitas.

A primeira é de que a impressão facial é realmente armazenada por instituições públicas e privadas.

Esse pode ser um ponto de desconforto de muitas pessoas, mas vale lembrar que a coleta de dados pessoais ocorre a todo momento, como durante essa leitura, por exemplo.

O reconhecimento facial, assim como qualquer outra tecnologia, também é passível de vazamento ou de erros.

No campo policial, por exemplo, existem situações de erro registradas, onde pessoas são presas por engano.

Trata-se de uma tecnologia que deve ser cada vez mais aprimorada e que pode oferecer diversos benefícios.

Por que usar um sistema de reconhecimento facial?

Um sistema de reconhecimento facial pode ser importante e vantajoso em algumas situações.

Uma delas, por exemplo, é o reforço à segurança, pois a ferramenta pode conseguir identificar criminosos ou terroristas, evitando assim a ocorrência de delitos.

Além disso, esse tipo de sistema pode facilitar diversas transações, como é o que já acontece com celulares que desbloqueiam com a face. 

As situações como as de aeroportos, já citadas aqui, são mais um exemplo da facilidade e comodidade que esse tipo de sistema pode oferecer.

A tecnologia é bem-vinda em diversos negócios, pois pode otimizar processos.

Já pensou em contar com displays inteligentes sensíveis ao toque para a aplicação que o seu negócio precisa?

A Victor Vision é uma empresa que fornece e instala soluções inteligentes com display LCD e interfaces gráficas.

Conheça os serviços da Victor Vision e digitalize a sua empresa! 

Conclusão

O sistema de reconhecimento facial é uma tecnologia que tem sido agregada em nosso dia-a-dia, como em smartphones ou até mesmo no âmbito da segurança pública.

Embora ainda esteja em evolução, a análise de dados a partir da captura facial pode apresentar benefícios para a sociedade em geral.

Caso tenha gostado deste artigo, leia também: “Tela Touchscreen: o que é, como funciona e principais usos”

Para mais conteúdos relevantes sobre displays e interfaces gráficas, acompanhe o nosso blog! 

8 comentários em “Sistema de Reconhecimento Facial: entenda como funciona a tecnologia”

  1. Pingback: O que é HDR: como funciona e principais tipos - Victor Vision

  2. Pingback: O que é um Microcontrolador, para que serve e principais usos

  3. Pingback: Design de Interface: o que é e quais suas principais regras

  4. Pingback: Como funciona o touchscreen capacitivo e por que escolher?

  5. Pingback: Calibração de Tela: passo a passo de como calibrar touch e cores

  6. Pingback: O que é Resolução de Tela: tipos, proporções e melhor opção

  7. Pingback: LCD ou LED: Diferenças, Dicas e Qual é melhor [Guia completo]

  8. Pingback: Placa Controladora: o que é, para que serve e tipos (LCD, CNC e acesso)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *