Tela capacitiva ou resistiva: entenda as principais diferenças

  • por
Tela capacitiva ou resistiva

Se você busca entender quais os diferenciais entre a tela capacitiva e resistiva, está no lugar certo.

É comum que diversas pessoas fiquem confusas ao se deparar com os diferentes termos relacionados à telas com tecnologia touchscreen.

No entanto, cada modelo de display possui particularidades que podem facilitar o dia a dia dos usuários, dependendo dos seus objetivos.

Para te ajudar a identificar a melhor opção entre touchscreen capacitivo ou resistivo, preparamos este artigo com suas principais diferenças. Aproveite! 

Tela capacitiva ou resistiva: entenda as diferenças

Você já ouviu falar de incompatibilidade de telas sensíveis ao toque com luvas de trabalho?

Ou já utilizou um display que não permitia dois toques ao mesmo tempo para executar uma ação?

As telas de touchscreen funcionam com a aplicação de pressão dos dedos ou interferência em um campo elétrico.

Basicamente, isso significa que existem dois principais tipos de tecnologias de tela sensível ao toque.

A seguir, confira as principais características e diferenças entre eles:

Tela Resistiva

As telas resistivas são o tipo mais comum de touchscreen, sendo bastante encontradas em controles industriais.

Essa tecnologia possui duas camadas transparentes, separadas por um espaço bem fino, e têm um revestimento condutor nas laterais internas deste espaço. 

Quando as duas camadas de revestimento se tocam, uma tensão é gerada, que por sua vez é processada como um toque nesse local.

Por esse motivo, a tela de touchscreen resistivo responde a apenas um toque (ponto de pressão) por vez.

Em geral, a tela resistiva oferece uma precisão de até 80% e pode necessitar de calibração em caso de desgaste pelo toque.

Principais usos

Usos da tela resistiva

Por serem produtos de fácil instalação e utilização, além de envolverem um baixo custo, as telas resistivas são bastante usadas na indústria.

Afinal, conseguem permitir que operações e atendimentos sejam realizados com mais praticidade e agilidade através do toque na tela.

Um outro uso relacionado aos displays resistivos é em modelos de smartphones, tablets e navegadores GPS mais econômicos no mercado.

Apesar da sua menor pressão e não possibilidade de toques múltiplos, a tela resistiva acaba representando uma opção mais econômica.

Dessa forma, conseguindo atender à demanda principal do seu perfil de usuários com uma ótima relação custo-benefício.

Vantagens da tela resistiva

O sensor de uma tela resistiva, por funcionar através de pressão, permite que o contato com a tela seja feito de diferentes maneiras.

Isso significa que um indivíduo pode interagir com dispositivos que usem esse display utilizando uma caneta stylus, como também com luvas ou outros obstáculos entre a tela e seu dedo.

Tal fator não ocorre com a tela capacitiva, por motivos que você irá conferir logo em seguida.

Uma outra vantagem das telas resistivas é a sua durabilidade e baixo custo, uma vez que aparelhos com esse display podem custar até metade do preço dos modelos capacitivos.

Assim, permitindo que fabricantes menores também consigam oferecer telas sensíveis ao toque aos seus consumidores.

Tela capacitiva

Diferentemente das telas resistivas, as telas capacitivas não dependem da pressão dos dedos. 

Ao invés disso, elas respondem a qualquer coisa que contenha uma carga elétrica, como a pele humana, por exemplo. 

As telas capacitivas são revestidas com materiais como cobre ou óxido de índio e estanho, e armazenam cargas elétricas em uma grade eletrostática de pequenos fios – cada um mais fino que um cabelo humano. 

Quando os dedos entram em contato com a superfície da tela, as cargas na pele mudam os campos elétricos e afetam a capacitância entre os fios.

Desse modo, fazendo com que o processador interprete a localização da interrupção do campo elétrico como um toque e responda imediatamente a ele.

No mercado, existem duas variações de touchscreen capacitivos

A tela touchscreen capacitiva projetiva possui sensores por toda a sua tela, permitindo que grandes superfícies planas ou curvas atuem como um dispositivo touchscreen.

Nesse caso, os comandos acontecem através da transmissão entre nano fios junto aos sensores.

Já a tela touchscreen capacitiva de superfície tem sensores apenas nas laterais da sua tela, funcionando de maneira tradicional.

Principais usos

Usos da tela capacitiva

Entre a tela capacitiva ou resistiva, o modelo capacitivo tem dominado cada vez mais o mercado.

Bastante popular principalmente para os usuários, ele permite uma experiência mais fluida, com precisão de até 100%.

Esse tipo de tela é usado em smartphones, computadores, tablets e displays para equipamentos e máquinas industriais.

Com ele, existe uma alta garantia de assertividade nos comandos, além da possibilidade da programação de gestos específicos que resultem em ações.

Vantagens da tela capacitiva

Quando o interesse está na velocidade de resposta, durabilidade e maior interatividade, a tela capacitiva se torna a opção mais adequada.

Além de possuir tecnologia multi-toque, que reconhece vários dedos ao mesmo tempo, ela não exige o uso da força para sua utilização

Por isso, acaba se tornando uma opção com pouco desgaste no longo prazo.

Um outro ponto relevante é que, por conter um menor número de camadas, essas telas costumam ser mais finas.

Uma outra vantagem do sistema capacitivo é a maior passagem de luminosidade, permitindo um brilho intenso e imagens mais nítidas.

Afinal, qual é melhor: tela capacitiva ou resistiva?

Mesmo sendo semelhantes em função, escolher entre a tela capacitiva ou resistiva ainda pode ser uma questão.

A tela resistiva oferece uma funcionalidade satisfatória, baixo custo e interação de diferentes formas através da pressão.

Qual é melhor: tela resistiva ou capacitiva?

Enquanto isso, a tela capacitiva é uma opção com maior precisão, velocidade de resposta e possibilidade de responder a múltiplos comandos de uma só vez.

Sendo assim, a escolha entre uma delas deve ser feita com cautela, levando em conta o tipo de uso, valor disponível para investimento e necessidade de precisão ao toque.

Conheça os displays inteligentes da Victor Vision e descubra qual o melhor modelo para sua aplicação! Basta clicar aqui!

Conclusão

A escolha entre o tipo de touchscreen mais adequado para o seu negócio pode ser um desafio.

Afinal, cada uma das opções existentes no mercado oferece vantagens e desvantagens a serem consideradas.

Por isso, ao escolher entre tela capacitiva ou resistiva, não se esqueça de considerar cada uma das características citadas neste artigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *