LCD ou LED: Diferenças, Tipos, Dicas e Qual é Melhor

Inúmeros monitores com telas coloridas, cada um de uma cor, simbolizando display LCD ou LED

Os monitores passaram por uma série de evoluções durante os anos. Antigamente, as televisões eram de plasma. Hoje, existem duas tecnologias bastante presentes: o LCD e o LED.

As duas tecnologias, na verdade, são bastante parecidas em termos de estrutura. No entanto, alguns componentes internos são diferentes.

Inclusive, a cada nova tecnologia lançada no mercado de telas, é possível adquirir novas características de exibição de imagem.

Neste artigo, vamos te explicar sobre as diferenças entre as duas principais tecnologias de display para que então você possa escolher melhor entre LCD ou LED.

Acompanhe o texto e boa leitura!

O que é tela de LED e o que é tela de LCD

Para explicarmos melhor o que é e como funcionam ambas as telas, é necessário iniciar pelo entendimento da tela de LCD, que foi criada anteriormente à de LED.

O LCD (Liquid Crystal Display) é uma tecnologia de display que utiliza o cristal líquido para formação de imagens.

O cristal líquido é um estado da matéria entre o sólido e o líquido. Uma de suas características é de mudar de configuração a partir da interferência da eletricidade.

Os displays LCD são formados por diversos componentes em formato de “sanduíche”, ou seja, um sobre o outro, bastante unidos e próximos.

Uma tela LCD funciona primeiramente por uma luz de fundo. Tal luz é passada para um filtro polarizador e um substrato de vidro até chegar no TFT, que acompanha os pixels.

O TFT é a sigla para “Thin-Film Transistor”, que significa transistor de filme fino. Trata-se de um dispositivo semicondutor de eletricidade, que fornece energia para os pixels e para o cristal líquido.

Os pixels são formados ainda por subpixels, responsáveis por dar cor à imagem. Os subpixels são os conhecidos RGB (red, green e blue), que são as cores vermelha, verde e azul.

Inclusive, os pixels são os responsáveis por melhorar a resolução de telas, possibilitando por exemplo, o Full HD, que é formado a partir de 6,2 milhões de subpixels.

Após o TFT, os pixels e o cristal líquido, o display LCD recebe mais algumas camadas de vidro, filtros polarizadores e uma última camada de vidro, filme ou plástico.

As telas de LED, por sua vez, também possuem estrutura muito semelhante às telas LCD, com a principal diferença que é a luz de fundo.

Enquanto no LCD comum essa luz de fundo é mais simples, no LED, as luzes de fundo são formadas por lâmpadas LED, conhecidas por serem mais brilhantes e mais econômicas.

Qual a diferença entre LCD e LED?

Pessoa com controle remoto na mão, usando Smart TV, representando tela LCD ou LED

A principal diferença entre as telas LCD e LED é a luz de fundo, que no LCD é comum e no LED é por meio de lâmpadas de LED.

Mas você pode estar se perguntando, afinal, como essas diferenças são vistas na prática? E é isso que vamos te explicar agora.

As telas LCD não consomem muita energia, mas consomem mais do que as telas LED. 

Além disso, o LCD, dependendo da tecnologia utilizada, tem os ângulos de visão levemente mais limitados. Além disso, é um tipo de monitor que não possui tanto brilho e contraste.

Por outro lado, estes displays vão bem em locais mais iluminados, logo que não refletem tanto.

Já as telas LED costumam gastar menos energia, e também produzem imagens com maior contraste e vivacidade de cores.

De todo modo, o LED acaba sendo mais caro.

Como saber se a TV é Led ou LCD

Essa identificação é bem simples. Basta procurar as especificações técnicas do produto para ter acesso se ele é LCD ou LED.

As televisões, por sua vez, acabam já sendo anunciadas como LCD ou LED (e suas variações).

Além de LCD e LED: quais outros tipos existem?

O LCD é o tipo mais comum de display, embora exista o anterior, que é a TV de plasma. 

As telas de plasma funcionam com plasma e pequenas lâmpadas fluorescentes em seu interior. Atualmente, é muito difícil encontrar telas desse tipo para compra.

O LED, que é a versão mais utilizada atualmente, possui diversas variações, como:

  • mini LED: versão em que se utilizam mais LEDs para iluminar a tela, melhorando assim brilho e contraste;
  • OLED: significa “Organic Light Emitting Diode”, e é a tecnologia que traz o LED orgânico. Cada ponto de LED emite a própria luz, estimulando assim pixel por pixel. O resultado são cores bastante contrastantes e vívidas;
  • microLED: é uma versão ainda melhor do OLED, mas ainda é muito nova no mercado. Funciona de forma bastante parecida com o tipo anterior, mas reduz algumas desvantagens como problemas de retenção de imagem;
  • QLED: funciona por meio de pontos quânticos e cristais semicondutores. Produz imagens saturadas, contrastantes e também vívidas. No entanto, o contraste ainda é menor do que o da tecnologia OLED;
  • AMOLED: é uma tecnologia utilizada nas telas touch screen, e que é, basicamente, o OLED com matriz ativa. Assim, cada pixel de forma individual;
  • Super AMOLED: trata-se do Amoled sem uma camada de vidro necessária para o toque, mas apenas o uso de uma camada entre os painéis.

Qual a diferença de LED, QLED e OLED?

O LED utiliza lâmpadas de LED como iluminação traseira. Já o modelo QLED conta com lâmpadas de LED, com o adicional de diodos quânticos, capazes de filtrar a luz, brilho e intensidade de cores dos pixels.

O modelo OLED, por fim, não conta exatamente com lâmpadas, mas sim com diodos orgânicos, capazes de emitir luz por si só. Todos os pixels da tela são acendidos individualmente, garantindo assim maior vivacidade de cores.

É melhor tela LED ou LCD? (Prós e Contras)

Mulher em sala de estar com luminária de luz azul, assistindo TV com tela de LCD ou LED. Na cena da TV está um homem de braços abertos, usando capacete de bicicleta na cabeça e mochila nas costas, num campo montanhoso, com chão de grama e uma bicicleta parada em pé, próxima ao ciclista

Depende bastante da aplicação. O LED é melhor para o uso doméstico, ou seja, para smart TVs, computadores, notebooks, celulares e tablets.

Isso porque são mais econômicas e capazes de produzir imagens mais intensas, principalmente em relação a cores e contraste.

No entanto, o LCD pode ser mais proveitoso para usos industriais e empresariais. 

O LCD ainda consegue entregar qualidade de imagem, mas por um preço menor, sendo assim mais interessante, sobretudo para compras em atacado.

Leia também: Sistema de Reconhecimento Facial: entenda como funciona a tecnologia

Qual tipo de TV dura mais: LCD ou LED?

As TVs de LCD costumam durar de 6 a 8 anos, se forem utilizadas 24 horas por dia. Já as TVs de LED duram geralmente de 4 a 5 anos, também se utilizadas 24 horas por dia.

O que é mais moderno: LED ou LCD?

A tecnologia LED é a mais moderna e, portanto, a mais comercializada atualmente. 

O que mais considerar ao escolher entre LCD ou LED?

De qualquer forma, apenas escolher entre LCD ou LED não vai definir a qualidade de seu monitor.

Para realizar uma escolha mais adequada, é preciso se atentar à outros aspectos, como:

  • Taxa de atualização (Refresh Rate);
  • Taxa de contraste (Contrast Ratio);
  • Pixel Response Time (Tempo de resposta do pixel);
  • Processador do dispositivo;
  • Resolução da tela;
  • Tecnologias adicionais, como o IPS (In-plane switching);
  • e mais aspectos.

A aplicação industrial ainda se beneficia com os displays LCD. Inclusive, a Victor Vision é uma empresa que se destaca na produção de monitores LCD para diversas aplicações, com até mesmo modelos sensíveis ao toque.

Se você procura por displays inteligentes, a Victor Vision te oferece as melhores soluções. Conheça!

Conclusão

Este artigo teve como objetivo esclarecer as diferenças entre LCD e LED.

Podemos concluir que ambas as tecnologias ainda são bastante utilizadas, com destaque para os displays LED, que neste momento são os preferidos para construção de televisores, notebooks e smartphones.

O LCD, atualmente, tem se estabelecido em aplicações empresariais e em dispositivos mais simples, como calculadoras, relógios e telas para carros.

Caso tenha gostado deste artigo, leia também: “O que é HDR: Como funciona, Para que serve e Curiosidades [Guia]”

Para conferir mais conteúdos relevantes sobre displays e suas tecnologias, acesse o nosso blog!

21 comentários em “LCD ou LED: Diferenças, Tipos, Dicas e Qual é Melhor”

  1. Pingback: Placa Controladora: o que é, para que serve e tipos (LCD, CNC e acesso)

  2. Pingback: Calibração de Tela: Passo a Passo de Como Calibrar Touch e Cores

  3. Pingback: O que é HDR: como funciona e principais tipos - Victor Vision

  4. Pingback: Cristal Líquido: O que é, Como Funciona e Aplicações | Blog

  5. Pingback: Tela TFT LCD: entenda o que é e se vale a pena investir no modelo

  6. Pingback: LCD display arduino: quais suas funções e como escolher

  7. Pingback: Tipos de Monitores: saiba quais são eles e quando utilizá-los

  8. Pingback: Projeto com Arduino: 5 opções incríveis e como programá-las!

  9. Pingback: O que é um Display: Como Funciona, Tipos e Exemplos de Tela

  10. Direto ao ponto.
    Sou leigo de guia, mais me tirou dúvidas gigantes, já que hoje vou comprar uma Tv.
    A que tenho é LED e realmente a durabilidade dela comparada a um outra LCD que tenho em meu quarto é bem menor.
    Apesar da LED ser mais, digamos Moderna, acredito que devido a durabilidade maior, ficarei com a LCD.
    Muito obrigado.

    1. Estava na dúvida entre uma tela de LCD e LED.
      Mas se for comparar mesmo com a durabilidade então prefiro também uma LCD. Se for olhar inclusive o preço a tela de LCD está mais cara do que a tela de LED.

  11. Pingback: Esteira com tela: LCD, touch e demais tipos de tela e onde comprar

  12. Pingback: Monitor LCD industrial: função, tipos e onde comprar telas

  13. Pingback: Painéis LCD: Entenda os tipos e siglas - Vantagens / desvantagens

  14. Amigo, boa tarde!

    O display é um componente elétrico?

    Ele queima por curto circuito, oscilações de energia ou casos semelhantes?

    Tem muitas informações na WEB que me confunde, tem informações que o display é apenas uma tela que protege os componentes internos e é por isso que preciso saber se danifica por curto circuito.

    1. Boa tarde Marcelo,
      O display é um módulo com muitos componentes elétricos.
      E sim, um curto circuito pode danificar vários componentes de um display.

  15. Pingback: Design de telas: Entenda a base e confira boas ferramentas [Lista]

  16. Pingback: Limpeza de display LCD, celular, monitor e outros tipos [Tutorial]

  17. Pingback: Diodo emissor de luz: o que é, tipos, LED e funcionamento

  18. Pingback: Tela Touchscreen: o que é, como funciona e principais usos

  19. Pingback: LCD gráfico: Saiba o que é e como funciona! | Victor Vision

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *