O que é um display, tipos mais comuns e exemplos de tela

Notebook, tablet e celular, simbolizando o que é um display e para que serve

A maioria das pessoas convivem todos os dias com telas, mas não sabem o que é um display. 

É um tema que interessa muito mais pessoas que realizam serviços em dispositivos com tela, mas também pode interessar o público em geral.

Os displays são todo um conjunto de componentes que compõem todas as telas existentes. 

Existem telas mais simples, como aquelas em relógios digitais, como também telas de alta tecnologia, como as de televisões 4K. Independente de sua complexidade, todas elas são formadas por um display.

O display basicamente é o dispositivo que comporta componentes internos capazes de exibir imagens com uma grande variedade de cores, bom contraste e alta resolução.

Neste artigo vamos te explicar o que é um display, bem como os seus principais tipos e tecnologias. 

Portanto, acompanhe o texto e tenha uma boa leitura!

O que é um display e para que serve

O display é, basicamente, a tela dos diversos dispositivos que contam com essa peça, como os smartphones, as televisões, os notebooks, os monitores, os relógios e muitos outros.

Isso não é suficiente para entender o que é um display, então vamos nos aprofundar mais:

Trata-se então de um dispositivo que é utilizado para emitir imagens, ou seja, de compartilhar informações visuais.

Os displays podem ser encontrados já embutidos nos dispositivos eletrônicos populares, mas também estão disponíveis em peças avulsas, para usos mais específicos.

É possível, por exemplo, utilizar os displays para exibir informações relevantes acerca do uso de um arduino.

Grande parte dos displays são compostos por uma luz de fundo, polarizadores, eletrodos e filtros RGB (red, green e blue).

O que é um display, tipos mais comuns e exemplos de tela

Qual a diferença entre display e tela?

Muitas vezes display e tela são tratados como sinônimos. De fato, não é um problema que sejam tratados dessa forma, mas ainda existem diferenças a serem consideradas, que são mais técnicas.

De forma mais específica, a tela e o display são peças diferentes.

A tela muitas vezes é tratada apenas como o vidro que fica em contato com o lado exterior, ou seja, apenas a película que protege o display.

O display, por sua vez, é o conjunto de componentes eletrônicos que possibilitam a exibição de imagens.

O que é um display de 7 segmentos?

O display de 7 segmentos é um display de menor custo, feito para exibir informações alfanuméricas.

Basicamente, por meio de 7 segmentos, classificados como A, B, C, D, E, F, G, é possível formar exibir os números de 0 a 9 e algumas letras do alfabeto.

Repare nos números exibidos em sua calculadora. Claramente dá para ver que os números são formados por 7 “traços”. Este é um exemplo bastante comum de display de 7 segmentos.

Tecnologias e tipos comuns de display 

Dentro uma loja de roupas e acessórios, mulher usando display touch que exibe bolsas e roupas na tela, ilustrando um dos tipos de display

Para entender o que é um display em uma visão mais abrangente é necessário conhecer as principais tecnologias e tipos disponíveis no mercado. Confira abaixo:

Displays de LCD – Tela de cristal líquido

Os displays de LCD (Liquid Crystal Display, ou display de cristal líquido) são os mais populares do mercado.

Essa tecnologia é a base para muitas outras que são altamente comercializadas hoje em dia. 

Os displays LCD são compostos por uma substância em cristal líquido, que é um estado da matéria intermediário que se encontra entre o estado sólido e o estado líquido.

Diversos componentes bastante unidos formam o display de cristal líquido. 

Uma tela LCD é formada por uma luz de fundo, que passa por um filtro polarizador, depois por um substrato de vidro até chegar no transistor de filme fino (TFT), nos pixels e no cristal líquido.

Os pixels contam ainda com subpixels chamados RGB (red, green e blue), que correspondem ao vermelho, verde e azul.

Os pixels são responsáveis pela resolução da tela

Os cristais líquidos após receberem carga elétrica mudam de posição, fazendo com que a imagem se forme.

Depois desses componentes, mais uma camada de vidro e polarizador é colocada. Por fim, há o que chamamos propriamente de tela, que é uma última camada que pode ser de vidro, filme ou plástico.

As telas com a tecnologia LCD basicamente se encontram na maior parte dos dispositivos com tela. Os outros tipos de display geralmente contam com alterações pontuais ou adições de mais algumas tecnologias.

TFT

O TFT (Thin Film Transistor ou transistor de filme fino) é um componente do display de cristal líquido.

Ele é responsável por ativar a polarização do cristal, regulando o campo elétrico que passa por ele. A polarização é o fator que permite com que a luz de fundo passe à frente.

IPS

A tecnologia IPS, sigla para In-Plane Switching, é um tipo de display LCD mais moderno. Basicamente, nessa tecnologia os cristais líquidos são posicionados na horizontal e mais alinhados à tela, favorecendo a exibição de cores e um maior ângulo de visão.

Amoled

Amoled (Active Matrix Organic Light-Emitting Diode, ou Diodo Emissor de Luz Orgânico de Matriz Ativa) é uma tecnologia de display variante da tecnologia OLED.

Nas telas Amoled, os TFTs são aplicados no painel de modo a considerar cada pixel. Sendo assim, é uma OLED de matriz ativa.

O resultado final são telas com cores mais vívidas e um menor tempo de resposta.

Display LED

O display de LED é um display com tecnologia LCD, mas que ao invés de uma luz de fundo de CCFL (Cold Cathode Fluorescent Lamp”, ou Lâmpada Fluorescente de Cátodo Frio), contam com LEDs.

Mas afinal, o que isso significa na prática.

As telas de LED acabam consumindo mais energia, mas em compensação apresentam imagens com melhor brilho em comparação com as telas LCD com CCFL.

Displays OLED

Os displays OLED (Organic Light Emitting Diode) contam com o LED orgânico como a sua luz de fundo.

Cada ponto de led emite a sua própria luz, proporcionando a exibição de cores mais vívidas e imagens com bom contraste.

Exemplos de display

Exemplo de display escrito "exchange"

Veja uma lista com alguns exemplos de displays:

A Victor Vision dispõe de uma série de displays inteligentes (touchscreen ou não), seja para uso comercial ou uso pessoal.

Um de seus principais produtos é o display HDMI, uma tela LCD IPS com touchscreen e open frame para integração com dispositivos que tenham saída HDMI.

Os displays HDMI da Victor Vision podem ser conectados em mini-PCs all-in-one como o Raspberry Pi ou computadores Windows, MacOS, Linux e Android.

Invista nos displays HDMI da Victor Vision por um preço justo e um equipamento de alta qualidade!

Conclusão

Quem buscou por o que é um display, pode ter encontrado boas explicações neste artigo.

O display geralmente é composto pela tecnologia LED. Ele é utilizado em todas as telas que temos acesso em nosso cotidiano.

Caso tenha gostado do artigo, leia também: “LCD ou LED: Diferenças, Tipos, Dicas e Qual é Melhor”

Acompanhe o nosso blog para ler mais conteúdos relevantes sobre telas e componentes eletrônicos!

11 comentários em “O que é um display, tipos mais comuns e exemplos de tela”

  1. Pingback: Display Raspberry Pi: melhores modelos e como instalar

  2. Pingback: Interface Touchscreen: o que é, aplicações e funcionamento

  3. Pingback: Esteira com tela: LCD, touch e demais tipos de tela e onde comprar

  4. Pingback: Painéis LCD: Entenda os tipos e siglas - Vantagens / desvantagens

  5. Pingback: Monitor com HDMI: o que é, como funciona e melhores modelos!

  6. Pingback: Diferença entre um controlador de temperatura e termostato | Nepin

  7. Pingback: Como funcionam os Sistemas de Controle Industriais | Nepin

  8. Pingback: Como saber se a TV queimou? Descubra aqui!

  9. Pingback: Inteligência Artificial na Contabilidade: Aplicações e Desafios - Blog da Allman

  10. Pingback: O que é um anúncio de display? - Blogblogs

  11. Pingback: O que é o GDN? - Blogblogs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *