Tipos de USB: conheça os diferentes cabos e conectores existentes!

Três diferentes tipos de USB

Você conhece os tipos de USB existentes? Então acompanhe este artigo até o final que vamos te explicar tudo sobre o tema!

Os cabos USB servem para conectar dois dispositivos. Atualmente, a maioria dos aparelhos eletrônicos contam com esta conexão.

Ela serve para conectar a fonte de alimentação do carregador ao smartphone, por exemplo. Em outros dispositivos, como os computadores, o USB serve para conectar periféricos, como mouse e teclado, e também para compartilhar arquivos.

Desde o seu desenvolvimento, em 1996, a tecnologia USB (Universal Serial Bus) recebeu uma série de atualizações, que trouxeram inovações mais modernas, compactas e velozes.

Portanto, neste artigo vamos te explicar quais são os principais tipos de USB existentes. Sendo assim, acompanhe o texto e tenha uma boa leitura!

O que é USB e quais são os tipos de USB existentes? (Conectores)

Os tipos de conectores USB existentes são diversos, pois, como já citado anteriormente, diversos modelos foram criados com o passar do tempo para atender às necessidades mais modernas.

Veja os tipos e as suas características:

USB-A

O cabo USB-A, ou USB Tipo A, é o primeiro e principal tipo de conector lançado. Até hoje, embora outro conector esteja em ascensão, é o mais utilizado na maioria dos dispositivos.

Você pode encontrá-lo em pen-drives, mouses, teclados, carregadores e muito mais. 

Ele possui quatro pinos, uma linha reta em seu interior e um formato retangular.

USB-B

O USB-B é um tipo raro de conector, ou seja, não é muito encontrado no mercado. O seu design é quadrado, com quatro pinos, sendo dois na parte inferior e dois na parte superior.

O seu principal diferencial é que ele possibilita a transferência de dados mais veloz.

USB-C ou Tipo C

USB tipo C, um dos principais tipos de usb

O USB Tipo C é o conector mais moderno fabricado em abundância no mercado. Os últimos smartphones lançados têm sido compatíveis com esse tipo de conector, que tem o seu formato bastante diferente dos outros tipos.

O conector USB-C tem 24 pinos, sendo 12 do lado superior e 12 do lado inferior. Ele é simétrico e levemente arredondado nas bordas. Por isso, ele encaixa perfeitamente de qualquer lado.

Ele tem sido utilizado, sobretudo, para possibilitar o carregamento rápido de dispositivos. Isso significa que ele permite a transmissão de dados mais veloz do que as versões anteriores.

Micro-USB

Existem, basicamente, dois tipos de Micro-USB: o tipo A e B.

O Micro-A é um tipo de conector semelhante ao tipo A comum, mas em uma versão muito menor/compacta. Ela foi lançada em 2007, substituindo o chamado Mini-A.

O Micro-B, por sua vez, é bastante popular no Brasil, pois é altamente utilizado em smartphones Android intermediários. Os últimos lançamentos já são compatíveis com o USB-C convencional.

O conector Micro-B conta com cinco pinos em seu interior.

Mini-USB

Os conectores Mini-USB também são disponíveis do tipo A e B.

O Mini-A é uma versão menor do tipo A convencional, lançada em 2000, para ser utilizada em aparelhos eletrônicos menores, como câmeras e smartphones. Ele possui cinco pinos de contato.

Já o Mini-B é bastante parecido com o Mini-A. A principal diferença entre eles é o formato do B, que é mais retangular, enquanto o A lembra um trapézio. 

Tipos de USB e as velocidades disponíveis

Separamos abaixo os tipos de cabo USB, bem como a velocidade de transferência de dados de cada um. Confira os principais modelos:

USB 1.0 e 1.1

O USB 1.0 é a versão original do cabo, e foi criada em 1996. A sua capacidade de transferência de dados é de 1,5 Mbit/s em banda estreita. Em banda larga, a taxa é de 12Mbit/s. 

Logo dois anos depois, em 1998, foi lançado o USB 1.1, que apresenta correções sobre o uso de hubs. 

O tipo 1.1 foi altamente comercializado para conexão de computadores (PCs), como também para outros dispositivos eletrônicos. Os seus conectores são do tipo A e B, que já explicamos anteriormente como funcionam.

USB 2.0

Cabo USB, representando tipos de cabos conectores usb

O USB 2.0 foi lançado em 2000, como uma versão mais rápida do que a anterior, 1.1. Ele apresenta uma taxa de transferência de dados em banda larga de 480 Mbit/s, o que corresponde a 60MB/s.

Ele tem formato semelhante ao da versão anterior, e portanto pode ser utilizado em dispositivos compatíveis com o USB 1.1.

Na segunda geração dos cabos USB surgiram os conectores Mini e Micro USB, dos tipos A e B.

O cabo 2.0 é o modelo mais popular e pode ser encontrado na maioria dos dispositivos com entrada USB atuais.

USB 3.0 (Gen 1, Gen 2, USB 3.1 ou USB 3.2)

O USB 3.0 foi lançado em 2008. Por contar com uma taxa de transferência rápida, a tecnologia recebeu o nome de SuperSpeed. O modelo apresenta a velocidade de transferência de 5 Gbit/s, que é o mesmo de 625 MB/s.

Além disso, a partir desse modelo foi possível receber e enviar dados ao mesmo tempo. Anteriormente, apenas a comunicação em única via era possível.

Em 2013, o fórum de desenvolvedores do USB, a USB Implementers Forum, lançou o USB 3.1, que apresenta a taxa de transferência de 10 Gbit/s. 

Depois foi criado o USB 3.2, que apresenta a transferência de dados de 20 Gbit/s.

Para melhor identificação do tipo 3.0, as fabricantes utilizam a cor azul no cabo em seu interior e, em algumas vezes, até mesmo na parte exterior.

Além disso, a nomenclatura desses modelos pode ser tratada de forma diferente. Confira:

  • USB 3.0: USB 3.2 Gen 1;
  • USB 3.1: USB 3.2 Gen 2;
  • USB 3.2: USB 3.2 Gen 2×2.

USB4 e USB4 2.0 (Benefícios, compatibilidade e DisplayPort 2.0)

O USB4 foi anunciado em 2019, e é altamente veloz, pois alcança a velocidade de transferência de 40Gb/s.

Essa velocidade pode tornar muito mais rápido transferir vídeos longos de alta resolução ou utilizar um SSD externo sem qualquer complicação.

Em 2022, o USB4 2.0 foi anunciado com a promessa de que pode atingir a velocidade de transferência de até 80 Gb/s, o dobro da versão anterior.

O tipo possui compatibilidade com versões anteriores de USB até a 2.0. 

A Victor Vision é uma empresa que produz displays inteligentes e sensíveis ao toque para aplicações mais simples como para atividades industriais/comerciais.

O modelo Android pode ser utilizado em sistemas microcontrolados, como interface gráfica de usuário (GUI), ou como centro de processamento de qualquer equipamento. Esta tela conta com portas USB para conexão de periféricos.

Além disso, podemos citar o Display HDMI, que pode ser utilizado em armários inteligentes, automação industrial, automação residencial, eletrodomésticos, equipamentos médicos, totens de autoatendimento, terminais de consulta/senha e muito mais!

Ele é conectado a um PC ou RaspBerry Pi por meio de HDMI ou Micro USB.

Confira todos os produtos da Victor Vision para modernizar o seu negócio! 

Conclusão

Existem uma diversidade de tipos de USB utilizados no mercado, embora os modelos mais populares sejam o USB 1.0 e 2.0. Já os conectores USB mais utilizados atualmente são USB-A, USB-C e MicroUSB.

Leia também: “O que é HDMI: para que serve, funções e principais tipos”

Acesse nosso blog para conferir mais conteúdos e dicas relevantes sobre displays e componentes eletrônicos!

8 comentários em “Tipos de USB: conheça os diferentes cabos e conectores existentes!”

  1. Pingback: Interface UART: o que é, como funciona e exemplo projeto Arduino

  2. Pingback: IHM: O que é, aplicações, vantagens e exemplos de uso [Guia]

  3. Pingback: Projeto com Arduino: 5 opções incríveis e como programá-las!

  4. Pingback: O que é Arduino: para que serve, benefícios e projetos

  5. Pingback: Display Raspberry Pi: melhores modelos e como instalar

  6. Pingback: O que é Raspberry Pi: Para que Serve e Principais Modelos

  7. Pingback: Arduino para iniciantes: tudo que você precisa saber antes de começar

  8. Pingback: Tipos de conectores: exemplos, diferenças e cuidados [Lista]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *