Placa ESP32: Descubra o que é, para que serve e muito mais!

Placa ESP32

Você já pensou em como seria poder controlar todos os dispositivos da sua casa com um simples toque no seu smartphone? Com a placa ESP32 você pode! 

A ESP32 é uma placa programável via Wi-Fi e Bluetooth, que é integrada com a plataforma de programação das placas Arduino. 

Além disso, é bastante conhecida por seu baixo custo e alto poder de processamento.

Neste artigo, vamos explorar os detalhes da ESP32 e como você pode usá-la para criar seus próprios projetos.

Vamos lá?

Índice:


O que é a placa ESP32?

A Placa ESP32 é um microcontrolador de baixo custo e eficiente em termos de energia, desenvolvido pela Espressif Systems. 

É reconhecido por sua versatilidade, oferecendo suporte a Wi-Fi, Bluetooth e outras tecnologias de conexão. 

Com um processador dual-core de até 240 MHz, 520 KB de RAM, 4MB de memória flash interna e uma gama de periféricos, como UART, SPI, I2C e câmera, o ESP32 é ideal para projetos de IoT — que é o seu foco de criação. 

Entretanto, pode também ser aplicada em projetos de robótica, entretenimento, automação residencial, entre outros. 

Ele é programado em linguagens como C/C++ e é compatível com a Arduino IDE e o ESP-IDF da Espressif, o que torna o ESP32 uma escolha popular entre desenvolvedores.

Para que serve a placa ESP32?

De forma geral, a ESP32 existe para que você explore a sua criatividade ao criar projetos de internet das coisas, automação residencial e o que mais você puder imaginar. 

Tudo isso com baixo custo, eficiência energética, alto poder de processamento e muita facilidade — especialmente por sua semelhança com o Arduino. 

Quais são os componentes do ESP32?

A ESP32 é feita de uma variedade de componentes que a tornam uma ferramenta versátil e flexível. Confira uma lista detalhada dos componentes da ESP32:

Microcontrolador:

  • Processador: Xtensa LX6 dual-core de 32 bits
  • Clock: Até 240 MHz
  • Memória: 32 KB de cache de nível 1
  • Memória: 16 KB de cache de nível 2


Memória:

  • Flash: 520 KB
  • RAM: 80 KB


Conectividade sem fio:

  • Wi-Fi: IEEE 802.11 b/g/n
  • Bluetooth: Bluetooth 4.2


Periféricos:

  • Portas GPIO: 30
  • UART: 2
  • I2C: 2
  • SPI: 2
  • ADC: 12
  • DAC: 2
  • RTC: 2
  • Sensor de temperatura: 1

Quais são as principais características da placa ESP32?

mão segurando placa ESP32

A ESP32 é uma placa de desenvolvimento de hardware aberto que é baseada em um processador dual-core de 32 bits e possui 520 KB de memória flash.

Possui Wi-Fi e Bluetooth integrados, o que elimina a necessidade de comprar módulos separados — sendo essa uma vantagem em relação ao Arduino. 

Outra característica é que a placa possui 34 pinos GPIO, dos quais 22 são pinos digitais e 12 são pinos analógicos. 

Os pinos digitais podem ser configurados como input ou output. Já os pinos analógicos podem ser usados para ler sinais analógicos, como temperatura, tensão elétrica, e pressão.

As possibilidades de programação também são uma característica notável, já que é compatível com C, C++, Python, Lua, MicroPython, além de JavaScript.

O que dá para fazer com ESP32?

O que você pode fazer com a ESP32 depende apenas da sua imaginação e criatividade. Você pode criar, por exemplo:

  • despertador inteligente que liga a luz da sua sala de estar quando tocar; 
  • sensor de fumaça que envia um alerta para o seu telefone se detectar fumaça;
  • dispositivo de rastreamento que pode ser usado para rastrear seus bens;
  • câmera de segurança que pode ser usada para monitorar sua casa;
  • jogo de arcade para jogar na sua TV.

Qual é a linguagem do ESP32?

A escolha da linguagem de programação depende do tipo de projeto que você está desenvolvendo. 

Se você está procurando uma linguagem de programação de alto desempenho, C ou C++ são boas opções. 

Se você busca por uma linguagem de programação de alto nível que é fácil de aprender e usar, considere MicroPython ou Lua. 

Se a preferência for por uma linguagem de programação que pode ser usada para criar páginas da web interativas, opte por JavaScript.

Confira alguns exemplos de como cada linguagem de programação pode ser usada para programar a ESP32:

  • C: pode ser usado para criar projetos de alto desempenho, como robótica e automação industrial;
  • C++: pode ser usado para criar projetos complexos, como sistemas de controle e processamento de dados;
  • MicroPython: pode ser usado para criar projetos rápidos e fáceis, como dispositivos IoT e projetos de prototipagem;
  • Lua: pode ser usada para criar projetos criativos, como jogos e aplicações de entretenimento;
  • JavaScript: pode ser usado para criar projetos que se conectam à Internet, como dispositivos IoT e aplicações de monitoramento.

Como conectar o ESP32 no Wi-Fi?

Placa ESP32

Para conectar o ESP32 no Wi-Fi, você precisará saber as seguintes informações sobre sua rede Wi-Fi:

  • nome da rede (SSID);
  • senha da rede.

Uma vez que você tiver essas informações, você pode seguir estas etapas para conectar o ESP32 no Wi-Fi:

  1. conecte o ESP32 ao seu computador usando um cabo USB;
  2. abra o IDE do Arduino;
  3. crie um novo projeto;
  4. copie e cole o seguinte código no editor de texto:

#include <WiFi.h>

void setup() {

  Serial.begin(115200);

  while (!Serial);

  Serial.println(“Conectando ao Wi-Fi…”);

  WiFi.begin(“SSID”, “senha”);

  while (WiFi.status() != WL_CONNECTED) {

    delay(500);

    Serial.print(“.”);

  }

  Serial.println(“”);

  Serial.println(“Conectado ao Wi-Fi!”);

  Serial.println(“Endereço IP: “);

  Serial.println(WiFi.localIP());

}

void loop() {

  // …

}

  1. compile e carregue o código no ESP32;
  2. aguarde até que o ESP32 esteja conectado ao Wi-Fi.

Quando o ESP32 estiver conectado ao Wi-Fi, você verá uma mensagem no console do IDE do Arduino que diz “Conectado ao Wi-Fi!”. 

💡Leia também: Arduino IDE: o que é e como instalar?

Qual a diferença entre o ESP8266 e ESP32?

A principal diferença entre o ESP8266 e o ESP32 está no desempenho e nas funcionalidades

O ESP32 é um sucessor poderoso, com 520 KB de memória SRAM, 16MB de memória flash, dois núcleos de processamento operando a 240 MHz, e suporte a Bluetooth clássico e Bluetooth Low Energy (BLE). 

Ele oferece maior estabilidade, mais portas programáveis, suporte a múltiplos sensores e criptografia avançada, incluindo uma chave RSA de 4096 bits. 

Isso o torna mais flexível e seguro para a construção de sistemas automatizados, em comparação com o ESP8266.

Quais as vantagens do ESP32 em relação ao Arduino Uno?

A ESP32 e o Arduino Uno são duas placas de desenvolvimento populares, mas elas têm algumas diferenças importantes. Vamos analisar a tabela a seguir: 

CaracterísticaESP32Arduino Uno
ProcessadorDual-core de 32 bits8 bits
ClockAté 240 MHzAté 16 MHz
Conectividade sem fioWi-Fi e BluetoothNão
Memória520 KB flash, 80 KB RAM32 KB flash, 2 KB RAM
PeriféricosPortas GPIO, UART, I2C, SPIPortas GPIO, UART, I2C

Com um processador dual-core de 32 bits e clock de até 240 MHz, a ESP32 supera o Arduino Uno em velocidade e eficiência

Além disso, a ESP32 possui conectividade Wi-Fi e Bluetooth, permitindo comunicação com outros dispositivos e a Internet. 

Com 520 KB de memória flash e 80 KB de memória RAM, a ESP32 também supera o Arduino Uno em capacidade de armazenamento

Também oferece uma ampla variedade de periféricos, incluindo portas GPIO, UART, I2C e SPI, tornando-a mais versátil em aplicações.

Podemos também acrescentar que a placa ESP32 tem seu funcionamento na tensão de 3,3 volts, assim como outras placas ESP, placas Raspberry Pi, e até mesmo Arduino DUE. 

Por outro lado, o Arduino Uno funciona com 5 volts de tensão. 

Embora a ESP32 tenha todas essas vantagens, vale o aviso de que seu uso pode ser mais complexo que o Arduino Uno, pois tem mais recursos e opções. 

Se você é um iniciante no universo da prototipagem, vale a pena começar pelo Arduino UNO. 

Encontre dicas e soluções para displays inteligentes com especialistas no assunto. Conheça a Victor Vision!

Conclusão

A placa ESP32 é uma ferramenta versátil que pode ser usada para criar uma ampla variedade de projetos. 

Ela é baseada em um processador dual-core de 32 bits e possui Wi-Fi e Bluetooth integrados, o que a torna uma boa escolha para projetos IoT. 

A ESP32 também é compatível com uma variedade de linguagens de programação, o que a torna acessível a uma ampla gama de usuários.

Se você está procurando uma placa de desenvolvimento versátil e poderosa, a ESP32 é uma ótima opção.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe! Visite o blog completo da Victor Vision para conferir outros conteúdos como esse. 

Nos acompanhe também em nosso canal do YouTube e fique por dentro das últimas novidades e inovações do universo dos displays inteligentes.

Marcações:

1 comentário em “Placa ESP32: Descubra o que é, para que serve e muito mais!”

  1. Pingback: Como programar esp8266? Tudo o que você precisa saber!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *